Como a ciência tem confirmado a Bíblia

A ciência tem confirmado a Bíblia em vários momentos. De fato, muitos dos fenômenos divinos, ou escritos na Bíblia, têm vindo a suceder-se, sendo mesmo comprovados pela ciência. Curioso para saber que fenômenos são esses? Veja e confira todos os fatos que a ciência tem confirmado, e os quais já haviam sido referidos na Bíblia.

9 Fatos que a ciência tem confirmado a Bíblia

A Bíblia é um conjunto de documentos escritos por alguns apóstolos de Cristo (Novo Testamento), e outros mais antigos, de origem diversa (Antigo Testamento). Esse escrito divino refere vários fenômenos, embora de forma simbólica e metafórica, sendo que a ciência tem confirmado a Bíblia. Vejamos alguns deles.

Posição da Terra no espaço

Quando a Bíblia foi escrita (1500 a.C.), acreditava-se que a Terra estaria situada em cima de um animal gigante. No entanto, consta do livro a seguinte frase:

“O norte estende sobre o vazio; e suspende a terra sobre o nada.” (Jó 26:7)

De fato, só em 1650 se descobriu que a Terra não era sustentada por nada, e mais uma vez a ciência tem confirmado a Bíblia.

Estrutura invisível – Átomos

“aquilo que se vê não foi feito do que é aparente”  (Hebreus 11:3)

A Bíblia já havia referido que tudo seria composto por coisas que não se veem, coisa que só há muito pouco tempo for confirmado pela ciência. Aqui nos referimos aos átomos, que são as moléculas microscópicas que constituem tudo aquilo que existe. Mais uma prova de que a ciência tem confirmado a Bíblia.

Forma da Terra

“Ele é o que está assentado sobre o círculo da terra” (Isaías 40:22).

A palavra em hebraico chuwg, a qual se refere a círculo, pode igualmente ser traduzida por “bússola” ou “circuito”. Assim, nas escrituras de Isaías, que datam de 740 e 680 a.C. já referiam algo esférico, ou seja, arredondado.

Assim, mesmo antes de Aristóteles, a Bíblia já referia que a Terra fosse uma esfera. E sem dúvida, depois confirmado pelo navegador português Cristóvão Colombo, que fez a primeira volta ao mundo de barco.

Oceanografia

Considerado o pai da oceanologia, ou oceanografia, Mathew Maury (séc XIX) se inspirou na Bíblia para descobrir as “veredas dos mares”  (Salmos 8:8). Embora ele não acreditasse literalmente, de fato ele veio a comprovar a existência delas, e ainda descobriu, por conta disso, as correntes continentais quente e fria.

Ondas de rádio

Mais uma vez a ciência tem confirmado a Bíblia, e desta vez nos referimos à ondas de rádio.

Como consta:

“Ou mandarás aos raios para que saiam, (Page 13) e te digam: Eis-nos aqui?” (Jó 38:35)

Embora, geralmente, o som venha depois da luz, quando olhamos para as ondas de rádio, assim como raio-X, elas viajam à velocidade da luz, o que quer dizer que é uma comunicação instantânea.

Entropia

Se você conhece a lei da entropia crescente, então saberá que nela incide a afirmação de que em todos os processos físicos, os sistemas ordenados tendem a tornar-se desordenados, com o passar do tempo.

De fato, mais uma vez a ciência confirma a bíblia, onde consta de forma concisa o fato de tudo se estar deteriorando à medida que a energia fica mais escassa.

Ciclo da água

“Todos os rios vão para o mar, e contudo o mar não se enche; ao lugar para onde os rios vão, para ali tornam eles a correr.” (Eclesiastes 1:7)

Aqui, Eclesiastes escrevia sobre o ciclo da água, o qual é constante. Ele ainda revela mais, o que torna tudo ainda mais surpreendente. Assim, podemos ler também:

“Estando as nuvens cheias, derramam a chuva sobre a terra”

Assim, todo o ciclo da água se completa, fato esse que apenas durante o século XVII foi entendido pela ciência.

Dimensões de um navio

Deus já havia revelado a Noé quais as dimensões da arca que ele havia de construir, em gênesis 6, a qual deveria ter 42 milhões de litros cúbicos.

Já no século XVII, na Holanda, um navio foi criado exatamente com essas dimensões, fazendo com que se desse uma revolução na construção dos navios, e a partir do início do século XX todos os grandes navios passaram a ter, de forma aproximada, as mesmas proporções que a arca de Noé.

Leis meteorológicas

De fato, a ciência tem confirmado a Bíblia, e desta vez está relacionado com as leis meteorológicas. Na Bíblia conta que existe um ciclo de correntes de ar. Como podemos ver na frase:

“O vento vai para o sul, e faz o seu giro para o norte; continuamente vai girando o vento, e volta fazendo os seus circuitos.” (Eclesiastes 1:6)

A Bíblia é um livro cheio de conhecimento, o qual deve ser levado em conta em todos os sentidos. Ele poderá conter todas as respostas para as grandes questões da humanidade, como ficou provado com alguns dos fenômenos acima descritos. A verdade é que a ciência tem confirmado a Bíblia, razão pela qual devemos olhar para as escrituras e para a ciência como um complemento.